Topo

Área de Intervenção
  • Cooperação e Desenvolvimento
Duração
1 Dia
Nav
Público Alvo
  • Técnicos/as
  • Moradores

Adesões Finais

Adesão
Não Conferência – Abordagens Colaborativas de Base Territorial
Projeto
Não Conferência – Abordagens Colaborativas de Base Territorial
Texto Intro

Aproximar gentes é aproximar bairros!

Num olhar atento para a comunidade Setubalense, a Câmara Municipal de Setúbal, após identificar que os bairros Pescadores e Grito do Povo se encontravam de “costas voltadas”, procurou desenvolver respostas para combater esta realidade. 

Estas respostas procuram, sobretudo, aproximar os bairros de forma a construir um olhar coletivo e a fazer um mapeamento das potencialidades e pontos críticos dos bairros. Pretende-se que se consiga trabalhar potenciais de valorização e (re)ligação deste território ao centro da Cidade.

Neste sentido, a iniciativa “Não Conferência – Abordagens Colaborativas de Base Territorial” surge como uma das respostas, onde técnicos e não técnicos (moradores/as) se reúnem numa reflexão e troca de experiências em torno das potencialidades, limitações e paradoxos em intervenções integradas de base territorial. A decorrer também, haverá uma partilha de intervenções que ambicionam a participação alargada da população e de vários atores, a coprodução de soluções e o desenvolvimento de sistemas de codecisão e governança colaborativa.

Inspire-se nesta iniciativa interventiva que procura trazer o melhor ao de cima, o que estes dois bairros têm para oferecer!

Logotipo
Não Conferência – Abordagens Colaborativas de Base Territorial
Entidade
Câmara Municipal de Setúbal
Distrito
Setúbal
Entidades Envolvidas
  1. Câmara Municipal de Seúbal - Diferentes Serviços
  2. União das Freguesias de Setúbal
  3. Moradores/as dos bairros dos Pescadores e Grito do Povo

Bottom

Telefone
265 724 466
Website
Morada
Divisão de Inclusão Social - Rua Amílcar Cabral, N.º 4 e 6 2900-219 Setúbal
Facebook